Cronologia Sintrense de 2001 a 2010

Cronologia Sintrense de 2001 a 2010

Partilhar

Descubra aqui as datas que fizeram a história de Sintra entre os anos de 2001 a 2010

2001, 12 Janeiro – Palácio de Monserrate – abertura do Concurso Público, publicado no DR III Série, n.º 10, para reparação da cobertura e dos paramentos exteriores do palácio e restauro dos pavimentos, paredes e tectos dos 1º e 2º andares do torreão S., sendo a entidade adjudicante os Parques de Sintra – Monte da Lua.
2001, 1 Junho – reabertura ao público do Convento dos Capuchos, sendo a entidade responsável o Parque de Sintra – Monte da Lua.
2001 – Conclusão da obra do Centro Cultural Olga Cadaval, resultando desta intervenção a ligação do teatro ao antigo Casino de Sintra, solução prevista no projecto primitivo do arquitecto Norte Júnior.
2001, Outubro – inauguração do Centro Cultural Olga Cadaval após as obras de recuperação e ampliação.
2001 – Remodelação do edifício dos Paços do Concelho.
2001-Castelo dos Mouros – intervenções várias, limpeza e desmatação; colocação numa das muralhas, de uma caixa elétrica.
2001 / 2002 – Reabilitação da Fonte de Mata-Alva, incluindo o restauro, pela Escola de Recuperação de Património de Sintra, do painel de frescos oitocentistas e limpeza da pedraria.
2002 – Projecto de iluminação e ensaio da Torre do Relógio,
2002 – Reabilitação da Fonte da Penha Verde ou d’El Rei, incluindo a limpeza da pedraria pela Escola de Recuperação de Património de Sintra; projecto de remodelação do Edifício do Turismo (antigo Hotel Costa); projecto de recuperação de casa pombalina (adquirida pela Câmara Municipal de Sintra); projecto de reabilitação da Casa do Parque da Liberdade; arranjos exteriores do Museu Anjos Teixeira e no Museu de História Natural.
2002 – Devido ao mau estado do painel de azulejos da fachada principal do Palácio de Valenças é colocado um novo, réplica do anterior, apenas alterado na cor e com colocação de franjas.
2002 – Construção da estação elevatória de água para abastecimento do Palácio da Pena.
2002 / 2003 – Paço Real – Manutenção e recuperação das caixilharias de pinho, pintadas com tintas de óleo tradicionais, removendo-se a tinta velha e argamassas soltas, regularização da superfície, imunização e aplicação de preservador, primário, massa e betume, lixagem, retoques e aplicação de tinta de óleo.
2003, Julho – elaboração da Carta de Risco do imóvel Palácio de Monserrate pela DGEMN.
2003, Setembro – em curso obras de conservação e recuperação das fachadas e substituição das coberturas no Hospital da Misericórdia.
2003 – Mudança da biblioteca para a Casa Mantero.
2003 – Início do funcionamento do bar no edifício Norte do Hotel Central.
2003 – Fonte da Sabuga encontra-se em avançado estado de degradação, muitos dos azulejos já foram retirados e vasto arvoredo cobre quase na totalidade a fachada.
2003 – A Portaria n.º 831/2003, de 13 de Agosto (MOPTH), anula as zonas de proteção e ónus que afetavam o edifício da Cadeia.
2003 – Seteais – restauro do tecto e pintura da Sala Oval
2003 / 2004 – Obras de reparação das fachadas e coberturas da capela e hospital da Misericórdia.
2004 – 16 Janeiro – autorização da Assembleia Municipal de Sintra para aquisição do imóvel da Quinta da Amizade por parte da autarquia.
2004 – Palácio de Monserrate- conclusão da 1ª fase das obras de reabilitação, que incluiu: reabilitação das estruturas de madeira das coberturas e pavimentos subjacentes; recuperação dos pavimentos das coberturas em placas de chumbo; recuperação dos pavimentos exteriores, rebocos e elementos de pedra; recuperação de coberturas em telha romana, terraços e coberturas inclinadas; recuperação de elementos de madeira com furações não estruturais; reposição dos sistemas de pintura dos revestimentos de chumbo, madeiras e ferro; reabilitação das redes de drenagem de águas pluviais.
2005, 27 Janeiro – levantamento de alçados fotográficos do exterior do palácio da Regaleira pela DGEMN.
2005 – Abertura ao público do Palácio de Monserrate com visitas limitadas, devido às obras.
2005 – CM Sintra assinala os 10 anos de classificação como Património da Humanidade, no Palácio Nacional de Sintra.
2005 – Seteais – restauro das janelas.
2005, Dezembro – Palácio de Monserrate- visitas guiadas suspensas, devido a infiltrações, após as obras da 1.ª fase de recuperação.
2006, 20 de Março – Augusto Carvalho já sem forças para lutar contra a sua grave doença
2007, 07 Julho – Seteais foi nomeado como uma das Sete Maravilhas de Portugal.
2007 – Reabertura do Palácio de Monserrate ao público; recuperação das Instalações sanitárias do 1.º andar do torreão central.
2008 – Quinta da Regaleira- recuperação dos elementos metálicos, como guardas de escadas, janelas e sacadas.
2008 – Seteais – tratamento dos rebocos e pinturas das fachadas exteriores.
2008 – Museu de Arte Contemporânea/Casino – Recuperação das fachadas, com reparações e pintura; revisão das coberturas, com impermeabilização dos terraços; revisão dos elementos de captação de águas pluviais e respectiva substituição; reparação de paredes e tectos interiores; revisão da instalação eléctrica no sótão; arranjo dos vãos.
2008 / 2009 – Palácio de Monserrate – Restauro da biblioteca, fogão e capela; início de projecto de conservação e restauro de estuques com a Escola profissional de Recuperação de Património de Sintra.
2009 / 2010 – Palácio de Monserrate – reabilitação da galeria técnica e instalação de novas redes de infraestruturas (águas, esgotos, electricidade, iluminação normal e de emergência, comunicações, deteção de incêndios, aquecimento central); recuperação de instalações sanitárias, cozinha e copa; conservação e restauro dos tectos do torreão sul e sala de jantar.

Scroll to Top