Visita de Nossa Senhora de Fátima à Vigararia de Sintra

2ª Visita de Nossa Senhora de Fátima à Vigararia de Sintra

Partilhar

Visita de Nossa Senhora de Fátima à Vigararia de Sintra. 2.ª visita da Venerada Imagem a Sintra, Julho – Agosto de 1958, é o título de um pequeno livro que possuo e que de seguida refiro alguns cânticos, preces e invocações.

AVÉ DA FÁTIMA
A Treze de Maio na Cova da Iria, apareceu, brilhando, a Virgem Maria.


Nossa Senhora de Fátima Coro

Avé, avé, avé, Maria Avó, avó avé, Maria

A Virgem Maria, cercada de luz, a nossa Mãe bendita e Mãe de Jesus.

Achou logo a Pátria remédio a seu mal. E a Virgem bendita Salvou Portugal.
Mas jamais esqueçam os nossos corações que nos fez a Virgem determinações.
Falou contra o luxo, contra o impudor de imodestas modas de uso pecador.
Disse que a pureza agrada a Jesus, disse que a luxúria ao fogo conduz.
A treze de Outubro foi o seu adeus, e a Virgem Maria voltou para os Céus.

Com os males da guerra o mundo sofria, Portugal ferido sangrava e gemia.
Foi aos pastorinhos que a virgem falou. Desde então nas almas, nova luz brilhou
Com doces palavras mandou-nos rezar a Virgem Maria para nos salvar.
A Pátria que é vossa, Senhora dos Céus, dai Honra, alegria e Graça de Deus.


Todo o mundo a louve para se salvar, desde o vale ao monte desde o monte ao mar.
Já por todo o mundo se ama o nome seu. Portugal a Cristo tantas almas deu
Ah ! demo-Lhe graças por nos dar Bem, à Virgem Maria, a nossa querida Mãe!
E para pagarmos tal graça e favor, tenham nossas almas só bondade e amor!

Avê Virgem Santa, ‘strêla que nos guia! Avé, Mãe da Pãtria, Oh ! Viigem Maria!

SÔBRE OS BRAÇOS DA AZINHEIRA

Sobre os braços da azinheira tu viste, ó Mãe clemente visitar a lusa gente de que és a padroeira.


CORO – Avé Avé Avé Mãe celestial – Avé Avé Avé canta Portugal


Foi na Cova da Iria, quando o Terço te rezavam, quando os sinos convidavam a orar era meio dia.
Que descestes lá dos Céus a falar aos pastorinhos inocentes, pobrezinhos, Mãe de Fátima, Mãe de Deus
Penitência e oração, se fizesse lhes pedias, do Rosário que trazias mais pediste a devoção.
Seja, pois, o Santo Terço, do céu querida oração, terna e viva a devoção, que Te oferte o luso berço.
E Tu, Mãe, ó Mãe de Deus, que venceste a Serpe, o Mal, salva, ampara Portugal vindo à terra, ou lá dos Céus.
Do Rosário, Virgem pura, Mãe de Fátima, Mãe querida! Tu serás por toda a vida, nossa paz, nossa ventura.

SALVÉ RANHA DE FÁTIMA – CANTORES

Senhora Nossa, Senhora minha Vida, esperança, clemência e luz.
CORO
Salvé, Rainha, Salvé, Rainha! Senhora minha! Mãe de Jesus.


Virgem das Dores, da Conceição Dos pecadores tem compaixão!
Virgem das Graças, Medianeira Dos portugueses sois Padroeira.
Nossa Senhora de Portugal Vinde livrai-nos de todo o mal!

Nas horas tristes da nossa hora Vinde valer-nos, vinde Senhora!

Suplica à Senhora da Paz
Nossa Senhora mãe de Jesus, dá-nos graça da tua luz. Virgem Maria divina Flor dá-nos a esmola do teu amor.
Se em réu regaço, bendita Mãe, Toda a amargura Remédio tem. As nossas almas pedem que vás, junto da guerra, fazer a paz!

Almas no exílio da escravidão, pedem o auxílio da tua mão.
E vão de rastros, por toda a parte, de olhos nos astros, a procurar-te!
Se a tua Graça, Por onde passa, Vence a desgraça, Mais desgraçada,
Nesta amargura, Que nos tortura, Põe a doçura, Duma alvorada
Pelas crianças, flor’s em botão, pelos velhinhos, sem lar nem pão.
Pelos soldados, Que à guerra vão… Senhora escuta a nossa oração.

CORO
Imaculada Rainha dos céus, — Sob o teu manto, tecido de luz
Faz com que a guerra se acabe na terra, E haja entre os homens a paz de Jesus.

ADEUS DE FÁTIMA
Ó Virgem do Rosário, de Fátima Senhora, De Portugal Rainha Dos Homens protectora
Ó Virgem do Rosário, há Fátima Senhora Do vosso Santuário Forçoso é ir-me embora

CORO
Uma prece final Ao deixar- Vos, Mãe de Deus: Viva sempre na minha alma este grito imortal

O’ Fátima adeus! Virgem Mãe, adeus.

Scroll to Top